quinta-feira, 26 de junho de 2008

Desabafo

Acabei de receber um e-mail da Fernanda, minha colega de pós, que mora em Balneário Camboriú.
Um desabafo. Uma realidade. Uma vergonha.
Segue na íntegra:

TIRARAM O MEU DIREITO DE CONTEMPLAR!

Essa era a minha terapia matinal antes do trabalho, a minha e a de muitos outros que passam pela estrada da Rainha toda manhã, ou até mesmo para aqueles que visitam esta linda cidade, cada vez mais procurada por sua beleza.
Beleza essa que está sendo devorada pela ganância, sendo corroída pelo dinheiro, pelo querer "ter sempre mais, ou invés de apenas ser".
Me indigna saber que isto foi autorizado, quem tem este direito?
Já nos tiraram o direito ao sol, quem tentar tomar um solzinho a tarde verá apenas a sombra. E me entristece saber que a construção de prédios também foi autorizada na Praia dos Amores, Brava. Mais uma vez, o dinheiro BERRA mais alto.
Na mídia o que mais se fala é de consciência ambiental, sustentabilidade, planeta verde, e é isso que temos como resposta.
E a contradição se torna explícita, o outdoor mostra a vista da praia de Balneário.Tiraram a vista dos meus olhos e deram ela a um pedaço de lona. Feliz é esse Outdoor, está em um ponto privilegiado desta cidade.
Resta dizer, me sinto envergonhada, frágil por estar de mãos atadas, peço assim a palavra, o grito, o berro, para que não tirem mais de mim este direito.Quero cheiro de praia, de terra molhada, quero ter sol, ter vista, olhar quantos pores-do-sol eu tiver a oportunidade.
Daqui a pouco acordarei com um FrontLight na ilha e com o Cristo Luz com uma camiseta. Uma ótima idéia.

Obrigada, esperamos atitude.
Att.
Fernanda de Souza Sacavém

O que fazer numa hora dessas?

Como descer o morro, e não contemplar um pedaço da vista? Hoje é um. E amanhã??
Estamos atados, amordaçados. Se tu começas a discutir, te chamam de louco, que ta estressado... As pessoas se acostumaram a não se incomodar, a deixar como está. Os direitos não são mais deveres, viraram favores.

Concordo plenamente com a Fer. Nos finais de semana que posso ir a BC, a bandinha de bike no morro é obrigatória. Que pena.

O que podemos fazer? Divulgar. apenas isso.

Um comentário:

...:marina:... disse...

Que coisa! Isso mostra como as cidades brasileiras estão se tornando a concretização do individualismo...
Sugiro que a Fernanda entre com uma denúncia no Ministério Público. Já existem teses sobre o "direito à paisagem", alguns procuradores já estão atuando nesse sentido, mas precisamos mostrar indignação, ir atrás, se não, nada é feito...
Gostei do tema!! Acho importantíssimo discutir esse direito que temos!!
Abração!

Obrigado pela visita. Volte sempre!
Gostou? Tem mais nos arquivos!